5 de mar de 2012

Humildade



Entre as duas opções a seguir qual escolheríamos?
  1. Ser um chefe com poder, que faz o que quer, comanda, é respeitado e obedecido.
  2. Ser um servo que deve obediência ainda quando a ordem desagrada.

O Senhor Jesus nos ensina que: “Todo aquele que quiser ser o primeiro, deve ser o escravo de todos” (Marcos 10:44). Ele que merecia toda a glória, aceitou ser servo para expiar nossos pecados. Jesus demonstrou isso ao lavar os pés dos apóstolos: “Assim foi que ele se levantou da mesa da ceia, tirou a capa, enrolou uma toalha na cintura, derramou água numa bacia, e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que tinha à sua volta” (João 13:4-5). Naquele tempo as pessoas andavam de sandálias abertas pelo caminho empoeirado, necessitando assim lavar os pés quando chegavam ao seu destino. Embora os discípulos estivessem dispostos a lavar os pés de Jesus, eles não podiam conceber lavar os pés um dos outros. Isso porque, na sociedade dessa época, essa tarefa era reservada para os servos mais humildes. Companheiros não lavavam os pés uns dos outros, exceto muito raramente e como sinal de grande amor. Em Lucas 22:24 vemos que os discípulos estavam discutindo sobre qual deles era o maior, de modo que nenhum estava disposto a se curvar para lavar os pés “Depois começaram a discutir entre si quem deles era considerado o maior”. Quando Jesus se dispôs a lavar os pés deles, ficaram chocados. Essa atitude de Jesus foi uma lição para Tiago e João, quem ambicionavam os melhores lugares na glória junto ao Senhor: “Então Tiago e João, os filhos de Zebedeu, se aproximaram dele e falaram com ele: ‘Mestre, nós queremos que nos faça um favor’. ‘O que vocês querem?’, perguntou ele. ‘Queremos sentar-nos à sua direta e à sua esquerda na sua glória’, disseram eles.” (Marcos 10:35-37)

Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus disse: “Vocês me chamam Mestre e Senhor, e fazem bem, porque eu sou. E já que, sendo o Senhor e o Mestre de vocês, lavei os seus pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros. Eu dei um exemplo a ser seguido: façam como eu fiz com vocês. A verdade é que nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Nem um mensageiro é mais importante do que aquele que o envia.” (João 13:14-16) Jesus se esvaziou, deixando a glória do céu, para servir aos homens “A atitude de vocês deve ser semelhante àquela que nos foi mostrada por Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não exigiu nem se apegou a seus direitos como Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo e tornando-se semelhante aos homens. E se humilhou a si mesmo, e foi obediente até a morte, e morte de cruz!” (Filipenses 2:5-8) Ele mostrou que nós devemos nos humilhar para servir aos outros. Como Ele lavou os pés, nós devemos procurar oportunidades para humildemente servir uns aos outros.

Sem humildade, não serviremos outros como deveríamos, porque aqueles que são arrogantes e egoístas querem ser servidos, e não servir.

Sem humildade, não seremos seguidores. Os orgulhosos querem ser chefes e cobiçam a posição e a influência de outros.

Sem humildade não buscaremos realmente a verdade. O homem orgulhoso pensa que já conhece as respostas, e não quer depender de quem quer que seja, nem mesmo do próprio Deus. A arrogância também impede nosso entendimento da verdade. Se não queremos admitir a necessidade de mudança, ou não queremos aceitar o fato que alguma outra pessoa sabe mais do que nós, nosso orgulho será um bloqueio fatal para o estudo eficaz da Bíblia.

Sem humildade, não reconheceremos nossos próprios defeitos. Somos até capazes de enganar nossos próprios corações para não vermos nosso próprio pecado.

A arrogância traz consigo a dificuldade em aceitar a correção.

A pessoa arrogante também não perdoa o erro dos outros. O orgulho é inerentemente egoísta, e nos torna facilmente ofendidos e lentos a perdoar.

O melhor lugar é o último. Para nós, discípulos de Jesus, esse lugar multiplica as oportunidades de servimos ao Senhor, pois estaremos ao alcance de um grande número de pessoas que Deus coloca ao nosso redor. E ao mesmo tempo nos dá a oportunidade de parecermos mais com Ele.  Essa posição nos lembra o que diz as Escrituras: “Deus dá graça ao humilde, mas se opõe aos orgulhosos” (Tiago 4:6)

Senhor nos ajude a contemplar a tua grandeza e majestade sempre e principalmente quando estivermos tentados a pensar que somos grandes e importantes. 

"Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará" (Tiago 4:10).


Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Agradeço a sua visita. Deixe seu comentário.

Visitas

Web Radio Rhema

Divulgue em seu site

Eu Faço Parte

Meu Site

Seguidores

  ©" Edificar Vidas " - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo