16 de jun de 2011

Curas

cura

“Mais que a cura de uma doença Jesus oferece paz e vida eterna com ele”.

Quando viu [o paralitico] deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: “Você quer ser curado”? (Jo 5.6b)

Leitura Bíblica: João 5.1-15

Curas miraculosas tornaram-se mercadorias religiosas nas últimas décadas. Há muitos que prometem soluções sobrenaturais para as doenças, o que também já acontecia na época de Jesus: muitos proclamavam curas supostamente divinas. Junto ao tanque de Betesda havia uma multidão de portadores de deficiências e doentes. Todos queriam uma só coisa: a cura. Acreditavam que ao entrarem naquele tanque houvesse a possibilidade de cura porque, segundo criam, um anjo havia mexido na água. Porém, a Bíblia não garante que todos os doentes serão curados. Jesus não curou todos aqueles enfermos que estavam ao redor do tanque. O texto que lemos hoje relata a cura de apenas um paralítico.

O apóstolo João chama os milagres de Jesus de “sinais” ou “obras”. Eles eram uma confirmação de que Deus agia por meio de Jesus Cristo. A cura demonstrava que Jesus é maior do que a doença, do que a limitação física, e confirmava o seu poder. Entretanto, o fato de Jesus ter poder não significa que ele vai curar todo tipo de enfermidade. Note que o texto afirma que Jesus foi ao encontro de apenas um dos que ali estavam, e questionou se ele queria a cura. O desesperançado não compreendeu a pergunta de Jesus, tanto que prontamente começou a dizer que não tinha como ser curado, pois ninguém o ajudava a entrar no tanque. Jesus viu a miséria daquele homem e curou-o com sua palavra poderosa. A Palavra que pode curar vem da boca do Senhor Jesus. É a vontade de Deus que prevalece. Ele é o único poderoso para curar. Em todas as circunstâncias da vida em que nos encontrarmos doentes, machucados ou sobrecarregados podemos entregar as nossas dores ao Senhor Jesus. Somos convidados a confiar nele. Ainda que não venhamos a experimentar uma cura física, Jesus nunca nos deixará sozinhos em nosso sofrimento.

Texto de: Alexander Stahlhoefer, Timbó – SC (extraído do livro: Pão Diário) 

Deus sabe de todas as coisas, mas porém vendo que o paralítico precisava da cura e ali estava sem que ninguém o ajudasse, Jesus ainda o perguntou se ele queria ser curado. Isso nos mostra que mesmo sabendo de tudo, mesmo conhecendo nossas dores, o Pai espera de nós a humildade de pedirmos, de nos colocarmos diante dEle. Abrir o coração a Deus, deixar que o Espírito Santo fale aos nossos corações e seguir Sua vontade, é a forma mais real de se ter comunhão com Cristo.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Agradeço a sua visita. Deixe seu comentário.

Visitas

Web Radio Rhema

Divulgue em seu site

Eu Faço Parte

Meu Site

Seguidores

  ©" Edificar Vidas " - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo