14 de set de 2011

Planos



“Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua” (Provérbios  16.1)

Você faz planos constantemente? O que sonha para o futuro? Alguns de seus planos não foram concretizados? Pois bem, qual foi a sua reação quando isso aconteceu? O texto que está em 1Crônicas 28.1-7, mostra que Davi tinha grandes e bons planos: queria construir um templo para o Senhor em Jerusalém. Entretanto, ele teve que aceitar a vontade do Senhor, que não lhe permitiu que levasse seu projeto adiante. Apesar de ser um projeto aprovado por Deus, não seria Davi que o executaria (2Crônicas 6.7-9).

Em muitos momentos da vida precisamos abandonar alguns dos nossos planos para obedecer ao que Deus quer. Não é fácil – também não deve ter sido para Davi. Ele já tinha sonhado com a construção do templo, planejado os detalhes e até feito um esboço de seu projeto. Porém, Deus lhe disse: “Não, o meu plano é outro”. Talvez Davi tenha ficado triste, mas me alegro em ver que ele aceitou a vontade de Deus para aquele tão belo propósito e entregou a Salomão todos os seus projetos (versículo 11-19). Deus deu a Davi o privilégio de deixar o caminho pronto para aquele que executaria a construção do templo. Também deu a ele a tão grande alegria de que essa pessoa fosse alguém chegado, seu próprio filho e sucessor. Creio que Davi ficou muito orgulhoso porque seu descendente foi a pessoa usada por Deus para levar adiante aquilo que ele havia idealizado. Talvez nunca compreendamos completamente qual o sentimento de Davi com a situação. Mas, quanto aos nossos planos, o texto deixa grandes lições e a maior delas é que os planos de Deus sempre devem estar acima dos nossos. Precisamos ter a ousadia de entregá-los ao Senhor e esperar que ele os aprove ou mostre que o caminho é outro. Por outro lado, tenha a coragem de Salomão e abrace os planos que Deus confiar às suas mãos.

Planeje, mas deixe a decisão com Deus.

Você pode se perguntar, se o resultado final de tudo aquilo que planejamos está nas mãos de Deus, por que fazemos planos? Ao fazermos a vontade de Deus, deve haver uma compatibilidade entre os nossos esforços e a sua direção. Ele quer que usemos nossa mente, busquemos o conselho de outros e façamos planos. Não obstante, os resultados estão sob seu controle. Conceber planos nos ajuda a agir de acordo com a vontade de Deus. Como vivemos para Ele, peçamos sua direção à medida que planejamos e trabalhemos em nossos projetos confiando nEle.

Texto de: Marivete Zanoni Kunz, Ijuí – RS extraído do livro Pão Diário
Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal CPAD


Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Agradeço a sua visita. Deixe seu comentário.

Visitas

Web Radio Rhema

Divulgue em seu site

Eu Faço Parte

Meu Site

Seguidores

  ©" Edificar Vidas " - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo